• siteatlassociacao

ATT participa de reunião no CENIPA

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

Caros associados,

Na última terça-feira (07/11) a ATT participou da 68ª Reunião Plenária do Comitê Nacional de Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), realizada em Brasília (DF). O encontro reuniu representantes do SNA, ASAGOL, ABRAPAC, órgãos civis e militares, empresas do setor, fabricantes de aeronaves e escolas de aviação.


A fadiga no setor foi tema de destaque na reunião. O Cmte. Túlio Rodrigues (SNA) foi o responsável por apresentar o progresso da criação do fadigômetro, que terá como função primária estimar o nível de alerta dos tripulantes durante suas jornadas de trabalho, fornecendo análises dos riscos relativos à fadiga e propondo recomendações de segurança para mitigar ocorrências. O trabalho está 70% concluído e é desenvolvido em uma iniciativa conjunta entre o SNA e as associações.

A plenária foi uma oportunidade para que o projeto fosse formalmente apresentado aos membros do CNPAA, dentre os quais ANAC, ABEAR e o próprio CENIPA, destacando o trabalho técnico e científico dedicados ao planejamento e execução dessa iniciativa. O projeto é pioneiro e conta com o apoio da CNFH. Os dados a serem obtidos também poderão contribuir para o aprimoramento do conhecimento científico sobre as implicações da fadiga.

O fadigômetro foi bastante elogiado pelos presentes, que enalteceram a importância desse projeto para a segurança das operações no setor. As entidades participantes também demonstraram interesse em acompanhar o projeto por meio dos relatórios oficiais. Um cronograma com as próximas etapas do projeto também foi apresentado. As próximas metas são terminar o trabalho em tecnologia da informação no desenvolvimento do fadigômetro e o início dos testes, programados para o primeiro trimestre de 2018.

Outros tópicos abordados durante o encontro foram as boas práticas para a comunicação do perigo de fauna entre os órgãos do Serviço de Tráfego Aéreo e os pilotos; a mitigação do risco aviário através da identificação de espécies de pássaros por DNA; o risco das operações com drones em espaço aéreo controlado, tendo sido criada a Comissão de Análise do Risco de Drones e a investigação de eventos de segurança nas operações aeroportuárias.

O Analista de Safety Philipe Pacheco representou a ATT na 68ª Plenária do CNPAA. Também participaram Cop. Mateus Ghisleni e o Cmte. Tulio Rodrigues pelo SNA, o Cop. Perdigão e o Analista de Safety Alfredo Menquini pela ABRAPAC, o Cop. Marcos Aurélio e o Analista de Safety Eduardo Morteo pela ASAGOL.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo