• siteatlassociacao

Recomendações do Fadigômetro são apresentadas em Plenária do CNPAA

Recomendações do Fadigômetro são apresentadas em Plenária do CNPAA


Mais um importante passo foi dado esta semana pelo Projeto Fadigômetro, ao serem apresentados os resultados e recomendações de segurança do estudo durante a 72 ª Sessão Plenária do Comitê Nacional de Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CNPAA).


Em palestra realizada pelo Cmte. Tulio Rodrigues, porta-voz científico do Fadigômetro, foram abordadas as causas raízes da fadiga nas escalas de voo, com especial atenção para os efeitos adversos das operações na madrugada (hyperlink para https://www.asagol.com.br/post/efeitos-adversos-das-operacoes-na-madrugada-fadigometro).


A análise dos dados compilados pelo Fadigômetro levou às seguintes recomendações de segurança, apresentadas ao CNPAA:


1. Que as quantidades de madrugadas e operações entre 2 e 6 da manhã sejam consideradas indicadores chave de performance (KPI) durante o processo de confecção das escalas de voo, de maneira a mantê-las em quantidades per capitas tão baixas quanto possível, com a menor dispersão possível entre os tripulantes;


2. Que as escalas publicadas e executadas não contenham mais de 10 madrugadas em um período de 30 dias consecutivos;


3. Que as escalas publicadas e executadas não contenham mais de 15 operações de pousos e/ou decolagens entre 2 e 6 da manhã em um período de 30 dias consecutivos;


4. Que sejam envidados esforços para limitar a 10 operações de pousos e/ou decolagens entre 2 e 6 da manhã em um período de 30 dias consecutivos.


Os pesquisadores e entidades responsáveis pelo Projeto Fadigômetro também submeteram à Plenária do CNPAA, por meio da Comissão Nacional de Fadiga Humana (CNFH), um pedido de apoio à pesquisa e endosso às recomendações de segurança pelas entidades membro, ficando decidido que uma resposta será dada no prazo de 30 dias.


Além dos resultados e recomendações do Fadigômetro, também foram apresentadas na Plenária do CNPAA os estudos e ações dos Comitês e Grupos de Trabalho brasileiros voltados à aviação geral, aviação comercial, infraestrutura aeroportuária, helicópteros e risco da fauna.


O evento ainda contou com a participação do Embaixador do Brasil na Organização da Aviação Civil Internacional (OACI), Sr. Norberto Moretti, com uma apresentação intitulada "De Olho na Aviação".


Sobre o Fadigômetro


Projeto de pesquisa pioneiro no mundo, o Fadigômetro tem como objetivo a criação de um banco de dados sobre o estado de alerta das tripulações da aviação regular brasileira durante suas jornadas de trabalho, permitindo a propositura de métodos para a análise do risco da fadiga e estratégias para sua mitigação.



O estudo tem ABRAPAC, ASAGOL, ATL e SNA como entidades idealizadoras e financiadoras, e conta com a inestimável participação e suporte científico da Faculdade de Saúde Pública, do Instituto de Física e do Laboratório de Ciências da Cognição do Instituto de Biociências da USP.



Acesse www.fadigometro.com.br para saber mais e participar!




9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo