• siteatlassociacao

Lotário Kieling, recrutador da Hainan Airlines, explica o Roadshow da empresa no Brasil, marcado par

Caros associados,

Conforme divulgado anteriormente, a Hainan Airlines, da China, fará um Roadshow nas cidades de São Paulo, Porto Alegre, Campinas e Rio de Janeiro, entre os dias 03 e 12 de outubro, com vagas para pilotos (veja a programação: https://goo.gl/fGD8yB). Os comandantes apresentados pela ATT, associados ou não associados, terão PRIORIDADE nesse processo seletivo, que consta em simulador, exame médico e prova ATPL.

Devido ao fato de muitos pilotos terem dúvidas sobre trabalhar no exterior, entrevistamos o ex-comandante Lotário Kieling, um dos precursores em relação a voar na China e um dos principais profissionais de recrutamento estrangeiro da Hainan Airlines. Na entrevista, ele conta um pouco de sua trajetória e como será o Roadshow da empresa.

ATT – Você é um dos precursores quando o tema é voar na China. Conte um pouco mais dessa trajetória. Lotário Kieling: Eu voei cerca de 30 anos e, quando a Transbrasil fechou, em meados de 2001, eu estava na VASP e decidi encaminhar os meus documentos para uma empresa de recrutamento na Irlanda. Após a seleção e a aprovação eu fui um dos primeiros pilotos brasileiros a voar na China. Logo comecei a trabalhar como instrutor e, poucos anos depois, em 2005, eu assumi a chefia do Departamento de Estrangeiros da Shenzhen Airlines, do grupo Air China, o primeiro estrangeiro a alcançar essa posição de comando. No ano seguinte eu fiz o recrutamento de 50 brasileiros para trabalhar comigo na China.

Em 2012 fui para o grupo Hainan Airlines trabalhar na Hong Kong Express. A partir de 2013 eu passei a me dedicar apenas ao recrutamento e treinamento de pilotos estrangeiros. Sou o responsável por acompanhar os processos de simulador, exame médico, e todo o tipo de orientação. Tenho uma vasta experiência como comandante, instrutor e gerente, mas também como um chefe de família, que vive mais de 12 anos fora e trouxe mulher e filhos para morar na China.

ATT – Explique um pouco mais sobre a Hainan Airlines  Lotário Kieling: A Hainan é um dos maiores grupos da China e da Ásia, são cerca de 100 empresas, sendo dez no setor da aviação. Nós fomos escolhidos para organizar esse programa de recrutamento por meio da Smiles Aviation, que possui muita experiência nessa área de recrutamento de pilotos.

A Hainan voará para o Brasil em breve, provavelmente em 2017, com previsão de duas linhas. A empresa está focada no nosso país, na América Latina, e quer expandir sua atuação aqui.

ATT – Como será o roadshow? Lotário Kieling: Vamos falar mais sobre a empresa, sua atuação, os contratos oferecidos, processos seletivos e as bases. Quem comparecer obterá informações diretamente da gerente de recrutamento da Hainan, Angela Gu, e do gerente de frota, Capt. Yang.

As pessoas poderão filmar, gravar e tirar fotos à vontade. Essa é a melhor hora de tirar todas as dúvidas sobre a vida do expatriado, saúde, escolas, aluguel, entretenimento, segurança, vinda da família, entre outros. É um país muito seguro e tranquilo para se viver.

ATT – Alguns pilotos reclamam da necessidade de recência para se candidatarem, há essa exigência? Lotário Kieling: Sim, eles cobram a recência de 12 meses, mas todos podem comparecer e conversar. Quem sabe podemos encontrar alguma solução para essa e outras questões? Todos estão convidados, o encontro é gratuito e o piloto pode levar a cônjuge para participar e tirar dúvidas também.

ATT – Como será o processo seletivo? É difícil? Lotário Kieling: O processo não é complicado, na última seleção, feita em junho e julho deste ano, tivemos 100% de aprovação no Airbus e 90% no Boeing. O interessado fará o simulador no Brasil, já o exame médico e a prova escrita serão realizados na China. A empresa custeia todas as despesas, estadia, deslocamento, exame, hotéis, tudo.

ATT – Como é o processo de preparação? Lotário Kieling: Nós temos quatro vertentes na preparação. A primeira é a documentação, comprovação de horas de voo, mínimo de nível 4 na prova da ICAO no idioma inglês e cópia da licença da ANAC. Em seguida, converso rapidamente com os candidatos e verifico se há algo relacionado à saúde que impeça sua participação. O exame médico completo é feito na China, no fim da seleção. Terceiro ponto: simulador de voo. Serão solicitadas algumas manobras características da aviação na China. O candidato pode treinar no simulador antes da avaliação.

A prova teórica encerra o processo, necessária para a emissão da licença de voo na China. O tempo de preparação o candidato define, ele que decidirá quando está pronto para a prova teórica. Eu faço o acompanhamento e preparação de todo esse processo para garantir que todos tenham a base necessária para a aprovação.

ATT – Há prioridade para os pilotos demitidos da LATAM? Lotário Kieling: Os comandantes apresentados pela ATT, demitidos recentemente, terão prioridade no processo. Sabemos que há pessoas que foram desligadas nos últimos meses e queremos esses profissionais conosco. A ATT vai nos ceder a lista de prioridade dos inscritos, pois, como associação, tem a informação dos que realmente precisam voltar ao mercado de trabalho o quanto antes. Caso tenhamos 50 slots para brasileiros e 80 candidatos, por exemplo, a ATT decidirá quem participa.

Haverá prioridade também na fila para o processo seletivo. Quem acessa o site hoje precisa esperar até dezembro para a avaliação na China. Já os candidatos que comparecerem ao Roadshow poderão viajar no próprio mês de outubro para os testes. Convidamos todos os pilotos a comparecer e conhecer as nossas opções de contrato.

Informações sobre a Hainan Airlines: http://www.hnagroup.com/…/corporation/g…/about-us/index.html Informações sobre os contratos, requisitos, duração e remuneração:http://smile-aviation.com

Inscrição via ATT, enviar e-mail para inscricao.hainan@att.org.br

47 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo