top of page
  • siteatlassociacao

Reunião do Comitê do Equipamento 767


Prezado Associado,

No dia 04/06/2019, a ATL sediou a primeira Reunião do Comitê do Equipamento 767, que visa à discussão do Estudo de Safety Case, para a continuidade do voo MXP pela LATAM Brasil.

Diante do novo cenário legislativo que regula o exercício da profissão do aeronauta e da preocupação de possíveis impactos, o associado Cmte. Fontana reuniu e liderou um grupo de tripulantes deste equipamento, com o objetivo de discutir eventuais implicações no voo de Milão. As Equipes de Operações, Cabine, Segurança Operacional e Relações Institucionais da LATAM Brasil se disponibilizaram para esclarecer as várias dúvidas acerca do tema e a ATL disponibilizou espaço e departamentos de safety e jurídico para auxiliar este grupo.

A LATAM explicou que, para prover a manutenção do voo, conforme rege o RBAC 117 , precisará elaborar um “safety case”, cujo objetivo é comprovar a garantia do nível de alerta dos tripulantes nas fases mais críticas do voo e para cada rota que extrapole os limites prescritivos do RBAC 117 deverá ser estabelecido um novo “safety case”.

Sistema de Gerenciamento de Risco da Fadiga (SGRF) é um sistema, aprovado pela ANAC, de monitoramento, prevenção e gerenciamento contínuo dos riscos de segurança associados à fadiga, baseado em dados, princípios científicos e experiência operacional, que visam assegurar que os tripulantes envolvidos executem suas atividades sob um nível adequado de alerta. Um SGRF aprovado possibilita que sejam criados estudos de casos, chamados “Safety Cases”, que com a eventual implementação de barreiras adicionais, permitam a prática de limites operacionais diferentes dos constantes no RBAC 117.

Para isso, a LATAM está em fase final de negociação para então contratar a conceituada universidade americana Embry-Riddle. Esta deverá conduzir um estudo científico que trará uma análise qualitativa e quantitativa para medir o nível de alerta e vigília de nossos tripulantes nesta rota específica.

Estamos colocando à disposição do grupo de voo, a pedido do comitê, o e-mail comite767@atl.org.br para o encaminhamento de sugestões que possam colaborar com a mitigação de possíveis perigos e riscos de fadiga percebidos nesta rota.

Lembramos que é extremamente importante a participação dos tripulantes no estudo a ser realizado, bem como o envio de possíveis sugestões. A próxima reunião será realizada no dia 03 de Julho de 2019.

Participaram pela LATAM Brasil: Cmte. Giannini, Piloto-chefe; Sr. Júlio Oliveira, gerente Sênior de RH; Sr. Derick Barbosa, Gerente de Tripulação de Cabine; Cmte. Diulgheroglo, Gerente de Segurança Operacional e Sra. Angélica Escabora, Coordenadora de Fator Humano da Gerencia de Segurança Operacional; Representantes da ATL: Cmte. Cuisse, Diretor de Relações Institucionais; Sr. Fabiano Paes, safety e Dra. Michelle Ferraz, advogada; Representante Sindical: Cmte. Baia e Representantes do grupo de pilotos e comissários da empresa participantes do Comitê.

Aproveitamos o ensejo e damos publicidade do material desenvolvido e exibido pela empresa por ocasião desta primeira Reunião do Comitê.

Segue links:

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page