• siteatlassociacao

ATT participa de sessão do CNPAA para debate sobre segurança

Nos dias 10 e 11 de maio, a ATT participou da 65ª Sessão Plenária do Comitê Nacional de Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CNPAA). O evento foi realizado em Brasília e contou também com a participação do SNA, da ABRAPAC e da ASAGOL. As entidades brasileiras representaram os aeronautas do país nos debates que abordaram aspectos técnicos e humanos sob o viés da segurança operacional.

Contando também com a presença de representantes das companhias aéreas, empresas de táxi aéreo, fabricantes de aeronaves, escolas, universidades e órgãos civis e militares, o encontro tratou de temas como falha humana, recomendações de segurança, Perigo Baloeiro, Avifauna, melhores práticas na área de Safety e estudos psicométricos na área da aviação.


O Perigo Baloeiro, situação que tem gerado risco notório e recorrente às operações, motivando um debate aprofundado sobre possíveis soluções eficazes para sua mitigação, foi abordado pelas entidades brasileiras.

O Cmte. Victor Casseta, Diretor Técnico e de Safety da ATT, realizou uma apresentação detalhada sobre a seriedade da questão, as implicações para a segurança de voo e a necessidade de regulamentação específica e controle extensivo pelos órgãos responsáveis. Os índices alarmantes de ocorrências envolvendo balões não tripulados denotam um problema grave no espaço aéreo brasileiro, situação que pode se deteriorar ainda mais caso nada seja feito.

Já tendo o espaço aéreo do país sido rebaixado pela IFALPA (International Air Line Pilots´ Associations), cabe destacar que o mesmo procedimento ainda pode ser adotado por outras entidades estrangeiras. As entidades representativas dos aeronautas estão comprometidas em buscar uma posição mais ativa dos órgãos públicos na coibição da soltura de balões.

A 65ª Sessão Plenária do CNPAA foi também uma oportunidade para que entidades interessadas pleiteassem sua entrada no Comitê, tendo sido aprovadas para ingresso como membros a Inframérica Concessionária do Aeroporto de Brasília e a Associação Brasileira de Pilotos de Helicóptero (ABRAPHE).

Marcado pela extensa troca de informações, o evento encerrou-se deixando a expectativa de que todos os envolvidos diretamente com o setor, em especial no que tange ao dia a dia das operações, possam não apenas estreitar laços mas trabalharem de forma integrada e proativa na implementação das melhores práticas voltadas à segurança operacional.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo