• siteatlassociacao

ATT fecha com a Mongeral Aegon opção de plano bônus para pilotos

Com o intuito de oferecer diferentes opções de planos de PCHV (falecimento e perda de CMA) aos seus associados, a ATT fechou um novo acordo com a Mongeral Aegon nesta semana. A partir de agora, comandantes e copilotos poderão solicitar um bônus de R$ 150 mil no capital segurado por um acréscimo de R$ 88,71 na mensalidade do plano.

Veja a seguir como ficam as condições com o acréscimo do bônus:


O novo acordo garante quatro opções de capital segurado para copilotos: R$ 243 mil, R$ 350 mil, R$ 393 mil e R$ 500 mil. Já os comandantes, que tinham apenas a opção de R$ 350 mil, passaram a contar com uma segunda alternativa, chegando também aos R$ 500 mil.

Vale ressaltar que o novo acordo foi possível devido à baixa taxa de sinistralidade da categoria registrada pela empresa. Por exemplo, desde a assinatura do contrato, realizada em janeiro de 2016, nenhum piloto associado ATT perdeu o CMA.

Como solicitar?

Todos os comandantes e copilotos estão garantidos nos planos já vigentes, no entanto, o pedido do bônus deverá passar pela análise da Mongeral Aegon. Os interessados deverão preencher declaração de saúde e ficha da seguradora, além de uma autorização para a ATT descontar o valor extra para o pagamento.

Após esse processo, a empresa aprovará, ou não, a inclusão do tripulante nesse bônus. Apenas os comandantes e copilotos com até 64 anos e 11 meses poderão solicitar o valor extra de capital segurado.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo